Mãos de Arco-Íris - dados científicos



As mãos fornecem uma ampla gama de campos eletromagnéticos naturais. A energia flui de um ponto central na palma da mão, mas também da ponta dos dedos. As várias formas de energia que emanam das mãos e que foram medidas por instrumentos incluem: campos magnéticos, emissão de microondas, de infra-som e de espectro ultravioleta. Energia magnética pulsante e emissão infravermelha pelas extremidades dos dedos.

Estudos de emissões das mãos de “curadores” tem sido foco de pesquisa científica. Medindo os campos magnéticos pulsantes que emanavam das mãos dos “curadores” foi constatado:

Ondas sonoras de baixa freqüência, um padrão de freqüência alfa da rede neural do cérebro e também corresponde à freqüência de ressonância natural da Terra- a freqüência de Schumann. Medidas do campo biomagnético durante a “cura” chegam a ser mil vezes superiores àquela do campo biomagnético normal.
As palmas das mãos exibem energias diferentes e opostas. Essas energias existem conjuntamente e não podem ser separadas. Na palma da mão há uma polaridade magnética que é oposta ao que é encontrado no dorso da mão.

Foi observado que os dois pólos exibem energias divergentes e elas criam dois resultados distintos sobre as coisas vivas: a palma da mão direita promove força, expansão e encorajamento; a palma da mão esquerda tem a capacidade de capturar e reduzir a condição de dor.

Ambas as mãos usam esses efeitos combinados. Quando usadas juntas sobre um indivíduo, foi observado um fluxo de energia através dessa pessoa ou sobre a superfície da mesma. O campo magnético é capaz de penetrar o corpo. Mas há uma ação dual. A energia flui em duas direções:

“Quando você aplica a imposição de mãos, o que você está enviando retornará e pode lhe dar uma força muito maior do que aquela que você expressou...esse é um fato científico”.